como-uma-empresa-júnior-pode-potencializar-seus-negócios

Como uma empresa júnior pode potencializar seus resultados?

In Inovação by Carolina Ristow Kohler0 Comments

Muitos empreendedores e até mesmo profissionais que atuam há anos em seu ramo possuem incertezas e problemas relacionados à gestão do seu negócio. Nem sempre a origem dessas questões são óbvias e fáceis de compreender, e por isso tais pessoas ficam na dúvida: como e a quem recorrer para solucionar meu problema?

A solução prática e que cabe no seu bolso é: buscar a consultoria de uma empresa júnior! Não sabe o que é ou nunca ouviu falar? Entenda aqui seu propósito e como elas funcionam!

Para isso, vamos primeiro esclarecer o que é e como surgiu o MEJ, Movimento Empresa Júnior.

O que é o Movimento Empresa Júnior?
A proposta de uma empresa júnior surgiu em 1967, na França, inspirada pelo desejo dos estudantes da Escola Superior de Ciências Econômicas e Comerciais em aplicar na prática os conhecimentos teóricos adquiridos, além de ter maior contato com o mercado de trabalho. Com o sucesso da ideia, ela se espalhou pelas universidades de todo o mundo, dando início ao Movimento Empresa Júnior (MEJ).

No Brasil, o Movimento teve grande adesão nas instituições, somando atualmente mais de 600 empresas juniores, o que torna o país detentor do maior número de EJs no mundo. Em 2017, elas reuniram mais de 20 mil acadêmicos envolvidos na execução de cerca de 10 mil projetos, faturando aproximadamente 21 milhões de reais. Este valor foi investido em educação empreendedora, conforme a missão do MEJ: “formar, por meio da vivência empresarial, empreendedores comprometidos e capazes de transformar o Brasil”.

Como funciona uma empresa júnior?
Uma empresa júnior, ou EJ, é uma empresa sem fins lucrativos, formada e administrada por estudantes universitários, que contam com o auxílio de professores tutores na realização dos projetos. Tais projetos são cobrados, sendo o dinheiro destinado à manutenção da empresa (luz, água, equipamentos, computadores), treinamentos e eventos para a capacitação dos membros, bem como para cobrir os custos gerados pelo projeto (transporte, impressão, etc.).

O trabalho é voluntário, ou seja, a principal motivação dos membros da empresa é ter a vivência do mercado de trabalho, lidando com clientes reais e executando projetos, enquanto se desenvolvem como líderes e futuros profissionais.

E quais são as vantagens de contratar uma empresa júnior?

1. Preço menor que o do mercado
Os projetos realizados por uma EJ podem custar 10 vezes menos que o cobrado pelas consultorias seniores. Isso acontece pois o foco da organização não é ganhar dinheiro, mas sim aprimorar e incentivar as competências dos seus integrantes.

2. Apoio da universidade
As entregas do projeto são antes validadas por professores doutores da instituição, especialistas em determinadas áreas do conhecimento, que garantem a qualidade e credibilidade dos projetos elaborados.

3. Trabalho em rede
Quem acompanha e assegura a eficiência das empresas juniores do país, além de organizar o MEJ brasileiro, é a Confederação Brasileira de Empresas Juniores (Brasil Júnior). Para dar um suporte mais exclusivo e direto às EJs, existem também as confederações estaduais, como a FEJESC, de Santa Catarina. Anualmente, são realizados eventos e encontros a fim de compartilhar experiências e agregar novos conhecimentos aos participantes. Além disso, empresas juniores trabalham em rede e são apoiadas pelo MEJ desde em sua organização até no andamento dos projetos.   

4. Relação “ganha-ganha”
O relacionamento entre cliente e empresário júnior gera diversos benefícios mútuos e essenciais para o progresso do país!

Para o estudante, é uma grande oportunidade de desenvolvimento pessoal e de valores como trabalho em equipe, liderança, profissionalismo, senso de responsabilidade, ao mesmo tempo em que ele vive a experiência profissional, entrando muito mais preparado para o mercado de trabalho.

Para os micro e pequenos empresários e empreendedores que não possuem renda suficiente para investir numa consultoria sênior, uma EJ possibilita mais e melhores resultados para seu negócio em troca de um preço acessível. Como antes mencionado, os membros não recebem salário; logo, sua motivação está em aprender e desenvolver suas habilidades, buscando soluções inovadoras que tragam resultados positivos para a empresa do seu cliente e para o ecossistema empreendedor como um todo.

Os integrantes do MEJ acreditam que é possível impactar e transformar o Brasil através do estímulo à cultura empreendedora, portanto investir nos projetos de consultoria júnior significa investir na educação empreendedora brasileira!

Convencido da importância e do potencial das empresas juniores? Agende já sua reunião de diagnóstico com a Ação Júnior e veja como podemos impulsionar seu negócio!          

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Carolina Ristow Kohler
Assessora de Marketing e Consultora na Ação Júnior e estudante de Relações Internacionais na Universidade Federal de Santa Catarina.

Leave a Comment