geomarketing
geomarketing

|

Ícone-Calendário

6 estratégias de geomarketing para aplicar em sua empresa

04 / 04 / 2022

Certamente você já foi impactado por anúncios após ter frequentado algum lugar, não é mesmo? Provavelmente, essa empresa estava utilizando uma estratégia de Geomarketing. 

Os debates acerca do uso de ferramentas que identificam a localização do usuário para captação de potenciais clientes e, assim,  impactá-los com anúncios, está, de fato, em alta. 

Isso porque, especialmente após a divulgação do documentário “O dilema das redes” e a aprovação da Lei Geral de Proteção de Dados, as pessoas passaram a se preocupar mais com as informações disponibilizadas por elas por meio do uso das tecnologias. 

No entanto, utilizar essa estratégia de marketing pode ser a solução para um problema que assola diversos microempreendedores: o não conhecimento de seu público alvo. Além disso, pode ser uma maneira de se diferenciar dos concorrentes e aumentar a lucratividade da empresa. 

É importante entender, então, que existem maneiras de utilizar este tipo de estratégia, sem invadir a privacidade de seus consumidores. Para isso, é importante entender bem as ferramentas e as metodologias, a fim de utilizá-las da maneira ideal para o seu negócio. 

Neste artigo, então, explicaremos a você, como implementar o Geomarketing no seu negócio.  Mas, antes de tudo é importante entender o conceito de Geomarketing, que também é conhecido como marketing de geolocalização ou  inteligência geográfica 

O que é Geomarketing ou marketing de geolocalização?

Geomarketing ou marketing de geolocalização é um método que utiliza a localização geográfica como base de estudo sobre público alvo, oportunidades de negócio, momento de compra, etc. 

Ainda que seu uso tenha sido potencializado por meio das ferramentas digitais, o conceito de geomarketing data de 1930. Criado por William Applebaum, desde então é utilizado por diversas empresas. 

VEJA TAMBÉM:

O geomarketing pode ser divido em dois momentos: antes da era digital e depois da era digital. Ou seja, geomarketing online e geomarketing offline. 

1. Geomarketing offline 

O geomarketing offline basicamente se foca em oportunidades de negócio em determinadas regiões. Isto é, as empresas observam e estudam a localização onde se supõe que é uma boa oportunidade. 

Após os estudos, identifica-se, por exemplo, em qual região aquele negócio deve se instalar ou então, se o negócio deve fechar. 

Além disso, com base nesses estudos, a empresa pode definir seus preços, suas estratégias de marketing, sua estrutura naquela localidade, etc. 

2. Geomarketing online 

O Geomarketing online, por outro lado, faz um estudo muito mais aprofundado, e sua metodologia é utilizada, principalmente, para atingir potenciais clientes com anúncios publicitários. 

O uso do celular como se dá hoje em dia facilitou o uso desse tipo de estratégia, já que, estamos o tempo todo disparando informações sobre a nossa localização. 

Por meio da utilização de tecnologias como a Big Data, a quantidade de informações que as empresas conseguem capturar no mundo digital é altíssima.

É por essa razão que existe uma grande quantidade de ferramentas que facilitam o uso do Geomarketing pelas empresas. Mais adiante te contaremos um pouco mais sobre cada uma delas. 

Onde aplicar o Geomarketing

A aplicação da metodologia Geomarketing pode variar de acordo com setor do seu negócio, mas pode ser utilizada em qualquer um deles. 

Por exemplo, se o seu ramo de atuação é o varejo ou serviços, você pode utilizar o Geomarketing para expansão. Isto é, se seu negócio é uma loja de roupas masculinas, você consegue, com o Geomarketing identificar em qual região se encontra o seu público e onde o faturamento da sua empresa será mais vantajoso. 

Isso porque, com essa metodologia você consegue fazer uma pesquisa de mercado eficiente e entender a fundo os hábitos de consumo do seu público, as estratégias e onde se localizam seus concorrentes e outros dados relevantes para o seu negócio. 

Já no caso das indústrias de bens de consumo, é possível utilizar o geomarketing para aplicar técnicas de inteligência comercial, isto é, a geração de potenciais clientes, ou, como é chamado “leads qualificados”.

Além disso, é com essa técnica que você consegue distribuir, de maneira estratégica, seus vendedores, a fim de utilizar suas competências em prol dos seus resultados de vendas. 

Como fazer um Geomarketing: estratégias para aplicar

Com a evolução tecnológica surgiram inúmeras maneiras de fazer Geomarketing. Em primeiro lugar, para que a estratégia funcione, é importante planejar. Isto significa, fazer pesquisas e identificar qual a melhor opção para o seu negócio, online ou offline. Após essa definição, deve-se conhecer quais as estratégias disponíveis e como estas funcionam. 

Para te ajudar nisso, listamos 6 maneiras de fazer Geomarketing a seguir. Confira: 

1. Geotagging

No nosso dia a dia, ao rolar o feed do Instagram ou do Facebook, nos deparamos com fotos de nossos amigos, conhecidos ou famosos em lugares diferentes. Nestes posts, muitas vezes, podemos identificar, por conta da marcação feita pelo dono do post, qual é o lugar que aquela pessoa esteve. 

Pois bem. O Geotaqqing trata-se, portanto, de uma estratégia que utiliza esta ação dos usuários das redes sociais. 

A vantagem, para você é saber quais os hábitos dos seus consumidores ou então, conseguir uma publicidade gratuita. 

No entanto, no caso da segunda, a ação depende exclusivamente da experiência do seu cliente. Assim, se você deseja utilizar essa estratégia, aposte também em entregar a melhor experiência que puder aos consumidores e ofereça algo em troca da marcação. Após algum tempo, isso se torna natural e seu investimento vai ter valido a pena.  

Apesar dessas vantagens, apostar apenas nessa estratégia não é recomendado. Portanto, utilize essa ação como uma das suas estratégias de marketing

2. Geotargeting

Quando um anúncio publicitário impacta uma pessoa pelas redes sociais e esta pessoa clica no mesmo, a empresa que está anunciando paga àquela rede social pelo clique. 

Assim, não é interessante para as empresas atingir um público incorreto, concorda? 

É disso que se trata o Geotargeting. Se a empresa sabe em qual localidade o público dela está, ela pode apenas segmentar aquela determinada região nos próprios aplicativos das redes sociais. 

Desse modo, os anúncios atingem o público desejado e a empresa não desperdiça seus investimentos. É por essa razão que essa estratégia de marketing de geolocalização é a mais utilizada atualmente, especialmente para empresas que fazem marketing b2b.  

3. Check-in

Similar ao Geotargeting, o check-in também é uma estratégia de geomarketing que depende de uma ação do usuário. Você pode oferecer produtos ou serviços em troca de que o usuário faça o check-in. Assim, você consegue algo similar ao “marketing boca a boca”. 

Hoje, a maioria das empresas utiliza essa estratégia oferecendo em troca do Check-in a conexão wi-fi do estabelecimento. 

4. Geofencing

Com certeza você já passou pela sensação de estar sendo escutado ou observado ao passar por um ambiente e receber uma publicidade de um estabelecimento próximo, não é? 

Pois é, essa ação trata-se da estratégia de Geofencing. Ela é possibilitada porque a maioria das pessoas deixa o GPS do celular ligado o tempo todo. Simples assim. 

Se o nome da estratégia fosse ser traduzida, seria algo como “cerca geográfica”, nome que faz sentido pensando em como funciona na prática. Isso porque, a estratégia utiliza as informações disparadas pelo smartphone para identificar a localização do potencial cliente. 

Dessa forma, consegue enviar conteúdos no mesmo momento em que o consumidor está na “cerca geográfica”, isto é, na região estabelecida pela empresa para o recebimento desses anúncios. 

5. Geofiltros

Os Geofiltros, criados pelo Snapchat, são quase que uma mistura do geotaging com o Geofencing. 

Isso porque, essa estratégia utiliza o GPS para indicar a localização do usuário por meio de filtros na rede social. Por exemplo, se você estiver viajando para o Rio de Janeiro e tirar uma foto no aplicativo, você pode escolher um filtro com a localização para postar a foto. 

O diferencial dessa estratégia é que você pode criar um filtro para o seu negócio. 

Assim, seus clientes podem utilizá-los para postar fotos em suas redes. 

Vale lembrar que, este tipo de estratégia também depende da ação do usuário. 

6. Pergunta de geolocalização em sites

Já deve ter acontecido a você de entrar em algum site e o mesmo solicitar acessar sua localização. 

Essa estratégia de geomarketing também é conhecida como site personalizado. Isso porque, por meio da pergunta sobre sua localização, o site “se adapta a você”. 

Por exemplo, você está no Brasil, mas entrou em um site dos Estados Unidos. O site te fez a pergunta e de repente, mudou as informações para o português. Ou seja, o site foi personalizado para sua língua. 

Essa estratégia é muito útil para empresas que atuam em regiões diferenciadas do país e do mundo. Afinal, as empresas podem alterar a informação de acordo com o público-alvo. 

Ferramentas para marketing de geolocalização

De maneira geral, as ferramentas utilizadas em estratégias de Geomarketing são as redes sociais e outras ferramentas presentes em smartphones, como o GPS e o Google Earth e o Google Maps.  

Também é possível utilizar mapas, por exemplo: 

  1. Mapa de distribuição de pontos: Utilizado para mostrar locais aproximados e clusters visuais de dados. Podem ser utilizados para identificação de incidência de compras. 
  2. Mapa de densidade: Tendência nos clusters, por exemplo, em quais regiões da cidade o seu tipo de negócio é mais popular. 
  3. Mapa de fluxo: Para rastrear mudanças de comportamento e quais caminhos tiveram mudanças mais consideráveis. 
  4. Mapa em teia de aranha: Permite conectar caminhos, por exemplo, trajetórios dos usuários. 

Além disso, é possível ainda utilizar tecnologias como a Inteligência Artificial e o Machine Learning, para acessar dados, identificar comportamentos, localizar concorrentes, adquirir insights, etc. 

Benefícios da estratégia de marketing de geolocalização

As vantagens de utilizar o Geomarketing na sua estratégia de marketing são inúmeras. Dentre elas podemos citar: 

  1. Alto poder de segmentação: Você consegue identificar o seu público e atingir a sua persona de maneira muito mais assertiva. Assim, os investimentos não são desperdiçados. 
  1. Aumento do Retorno sobre o Investimento (ROI): Ao acertar a pessoa ideal para a venda do seu serviço ou produto, você economiza. Por exemplo, ao disparar um anúncio no Facebook, a segmentação correta evitará que alguém que não é seu público alvo clique no mesmo e você perca o dinheiro daquele clique com alguém que não comprará seu produto. 
  1. Melhora na geração de leads: O público certo trará resultados melhores. É fato. A chance de alguém que já tinha a dor que sua solução resolve comprar seu produto é muito maior quando o público está segmentado corretamente.
  1. Aumento da taxa de conversão: Com os leads corretos o fechamento tem maiores chances de acontecer. Aumento na conversão. 
  1. Melhora no relacionamento com seu cliente: Identificar os hábitos de consumo do seu cliente te ajuda a direcionar suas estratégias de relacionamento, ou customer success, como é conhecida a área. 

O papel da consultoria nas estratégias de marketing

Agora que você já sabe o que é Geomarketing fica muito mais fácil aplicar essa estratégia no seu negócio. No entanto, fazer isso sem alguma ajuda mais especializada pode ser penoso para você e prejudicial para sua empresa. 

Por isso, contar com uma consultoria de gestão é essencial para implementar essa estratégia. Afinal, os métodos utilizados pelos consultores são mais eficientes, já que, eles estudam para essa atividade. 

A análise de um consultor, que já possui visão clínica para essas situações poderá te ajudar a compreender melhor o mercado e as oportunidades de negócio ideias. 

A Ação Júnior –  consultoria em gestão pode te ajudar com essa e outras demandas do seu negócio. 

CLIQUE AQUI PARA CONHECER NOSSOS SERVIÇOS

Gostou dos conteúdos e quer
aplicar na sua empresa?

Precisa de ajuda?